Skip to content

A Rádio da família

Cristina Mel conta sobre violência doméstica e revela que quase perdeu a vida aos 15 anos

Sucesso no meio Gospel, a cantora Cristina Mel contou sobre a violência doméstica que vivenciou na infância durante um papo do quadro Promessas, do É de Casa/Globo Rio. Ela deu um relato forte sobre o seu passado e contou como tentou superar a sua dor.

 

“Cresci em um lar com muita violência doméstica, infelizmente. Meus pais se agrediam. E eu era uma adolescente muito revoltada. Eu não queria viver, aos 15 anos eu desisti de viver, eu tentei o suicídio”, lembra.

 

“Quando eu acordei no hospital eu pensei: ‘mas eu não presto, eu não sirvo nem pra morrer’. Mal sabia eu que Deus tinha poupado a minha vida, para que eu pudesse estar hoje aqui dizendo pra você que está assistindo que você tem valor, que há esperança, e você não deve desistir”, reforça.

“Eu descobri que eu era amada. Mesmo que eu achasse que os meus pais não me amavam, existe um pai que ama a gente”, conta.

 

Cristina ainda ressaltou a importância de denunciar casos de violência:

“Você tem que fazer de tudo para salvar a sua família. Buscar ajuda, ajuda médica. Mas se você sofre esse tipo de agressão física, o disque denúncia é 180, você tem que se proteger. É uma covardia”.

“Cada um tem a sua dor. O que você faz com ela, como lida com suas feridas, é o que vai definir o seu presente e o seu futuro”.